| Seja bem-vindo! Hoje é
 
 

Warning: simplexml_load_file(http://www.acidigital.com/podcast/santo.xml) [function.simplexml-load-file]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/catedralchapeco/www/index.php on line 107

Warning: simplexml_load_file() [function.simplexml-load-file]: I/O warning : failed to load external entity "http://www.acidigital.com/podcast/santo.xml" in /home/catedralchapeco/www/index.php on line 107

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/catedralchapeco/www/index.php on line 108
Acompanhe o santo do dia
Fonte: Católico.org
 
 
 
Home
Pároco
Atendimento na Paróquia
Estudos litúrgicos
Curiosidades
Catedral Sto Antônio
Pastorais
Regiões Pastorais
Padroeiro
Orientações Pastorais
Orações
Estudos e Reflexões
Espaço Litúrgico
Mensagens
Folheto Litúrgico
Contato
 
. : Catedral Santo Antônio :.
ALGUMAS PISTAS DE AÇÃO PARA A CELEBRAÇÃO I

"Se formos sinceros e críticos o suficiente, deveremos reconhecer que, em muitas de nossas missas, não reconhecemos ainda os gestos básicos e o sentido teológico deixados por Jesus. A maioria das pessoas não relaciona a comunhão, nem com a oração eucarística, nem com a Palavra ouvida, nem com o compromisso de testemunhar a ressurreição no dia-a-dia. Desconhece tanto a importância da oração eucarística como um todo, quanto o gesto da fração do pão (mesmo porque na maioria das vezes continuamos usando hóstias em vez de pão). Essa grande maioria fica "ligada" unicamente ao momento da narrativa da última ceia e à comunhão. Cultiva uma devoção ao "Santíssimo Sacramento", entendido como presença real de Jesus na hóstia consagrada, e vive a "comunhão" como um "consumo" individual de hóstias consagradas. Poucas vezes temos a oportunidade de comungar do cálice com vinho.

Há um certo "entulho" de elementos medievais, introduzidos em uma época em que o povo já não tinha acesso à mesa eucarística e que a Igreja havia perdido o sentido pascal da eucaristia: elevação e adoração do Santíssimo no momento da chamada "consagração", oração devocional diante do sacrário logo depois da comunhão, veneração do sacrário como mais importante do que o altar, bênção do Santíssimo durante e depois da missa. Jesus não mandou fazer nada disso! Nada disso está na Sagrada Escritura e na genuína Tradição. Fica, então, o desafio de remover os "entulhos" litúrgicos e teológicos e recolocar nossa maneira de celebrar a eucaristia, nossa catequese e nossa formação teológica no trilho reencontrado pelo Concílio Vaticano II" (Ione Buyst, teóloga liturgista, doutora em Liturgia).

Frei José Ariovaldo da Silva



© 2007/2008 Catedral Santo Antônio Chapecó.  Todos os direitos reservados. | créditos |