| Seja bem-vindo! Hoje é
 
 

Warning: simplexml_load_file(http://www.acidigital.com/podcast/santo.xml) [function.simplexml-load-file]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/catedralchapeco/www/index.php on line 107

Warning: simplexml_load_file() [function.simplexml-load-file]: I/O warning : failed to load external entity "http://www.acidigital.com/podcast/santo.xml" in /home/catedralchapeco/www/index.php on line 107

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/catedralchapeco/www/index.php on line 108
Acompanhe o santo do dia
Fonte: Católico.org
 
 
 
Home
Pároco
Atendimento na Paróquia
Estudos litúrgicos
Curiosidades
Catedral Sto Antônio
Pastorais
Regiões Pastorais
Padroeiro
Orientações Pastorais
Orações
Estudos e Reflexões
Espaço Litúrgico
Mensagens
Folheto Litúrgico
Contato
 
. : Catedral Santo Antônio :.
A opção do cristão

            A opção é algo fundamental! Ela exige uma escolha e remete a um caminho. Toda pessoa passa em sua vida por um processo de discernimento, sentindo que é preciso optar. Um opta sem mesmo dar-se conta por onde esta trilhando seus minutos de vida. Outro, por meio de reflexões visualiza um horizonte e pensa: “por aqui caminharei”.
Em um mundo de várias possibilidades e oportunidades, fazer essa opção fundamental não é assim tão fácil. Quem não se sente confuso ao se deparar com várias encruzilhadas? A preocupação na escolha do caminho aumenta mais ao saber que a opção fundamental é uma decisão para toda a vida. Contudo, é preciso fazê-la para os passos não ficarem sem rumo. No caso da pessoa de fé, por exemplo, a opção ajuda em avaliar e discernir a prática. Dá suporte e serve como baliza para o cotidiano de seguimento a Jesus.
Na Bíblia a opção passa por um processo de construção constante. Isso, mesmo que já se tenha decidido caminhar, o que é importante. Olhando a vida dos discípulos, como eles optaram? O que os atraiu? Que crises enfrentaram na opção? Quais compromissos assumiram?
Vejamos Jo 1, 31-42. É a vocação dos primeiros discípulos. Temos a presença de João, Simão Pedro, Filipe e Natanael. Instigados em conhecer onde Jesus morava, foram ver. Para isso tomaram a decisão de se aproximar de Jesus. Aproximando-se, a vocação de discípulo despertou. Por meio da amizade com Ele iniciaram caminhar dentro do convite do Cordeiro de Deus. Aqui está o lado bonito e contagiador da opção.
Em Lc 5, 1-11 temos o processo de dúvida vocacional destes primeiros discípulos. O lugar do fato é à margem do lago de Genezaré. Os discípulos, na condição de pescadores, estavam em crise. Por não conseguir pescar nada, já haviam lavado as redes. Tinham desistido de caminhar. Mas Jesus fez com que eles avaliassem suas praticas de trabalho e lançassem as redes em águas mais profundas, de um jeito novo. Assim os ajudou a passar pelas dificuldades firmando a opção. A luz de Jesus foi tanta que os desafiou ser também pescadores de homens, isto é, evangelizadores. Notamos aí que durante o processo de opção há medo, mas de repente ele é superado, possibilitando o novo e alargando, até mesmo, a missão.
Pois é! A missão aparece como a terceira etapa integrante dentro do desafio da opção. Mc 3, 13-19, mostra a constituição dos doze discípulos feita por Jesus. Ocorre por meio do enviou para pregar e expulsar demônios. Esse passo é o conclusivo, ou seja, é preciso ser discípulo missionário; ou se é discípulo missionário ou não se é nada. Essa é uma condição na opção fundamental do cristão.
Esses três pontos contribuem para entender o processo da opção. Temos o afeto, dado na proximidade com Jesus; o medo, incerteza que ao ser superado traz o novo; a missão onde mostra como a opção deve ser bem pensada e amadurecida devido à necessidade da prática cotidiana que exige o caminho escolhido.
Sabemos que não é possível estar em dois lugares ao mesmo tempo, nem caminhar em dois caminhos. Também que “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mt 6, 24).
Isso nos faz ver a importância de se fazer a opção. Embora haja em meio a tantas oportunidades de escolhas, incertezas, medos e dúvidas sem saber direito qual a mais adequada e merece crédito, dá para afirmar que uma delas vale a pena: a do Deus da justiça e da paz.
Você já fez sua opção?
 
Pe. Igor Damo


© 2007/2008 Catedral Santo Antônio Chapecó.  Todos os direitos reservados. | créditos |